O americano John Skipper, de sessenta e três anos, ajudou a transformar a rede de Tv por assinatura ESPN em um negócio de dez bilhões de dólares. Em dezembro de 2017, ele deixou o cargo de presidente da empresa e, 5 meses depois, ressurgiu à frente do DAZN (pronuncia-se “dazon”), o primeiro canal de streaming dedicado à transmissão de esportes ao vivo.

De teu escritório, em Nova York, Skipper argumentou a Veja. As TVs usuais estão prontas para o cenário do streaming?  Empresas como a ESPN aqui nos EUA, ou a Globo no Brasil, são bem geridas e têm pessoas inteligentes trabalhando nelas. São lucrativas e estão preparadas pra certa transição. O vasto dificuldade é que elas são sobrecarregadas pelos sistemas tradicionais do modelo antigo.

Advertisement

Elas têm de defender seu negócio atual e, ao mesmo tempo, se reinventar no padrão novo. Nós não temos de nos preocupar com o que fazer com todo o equipamento velho, tendo como exemplo. Podemos marchar para o futuro sem nenhum peso nas costas. AM Tutoriais E Games há mais espaço, assim, pra canais de tv?  O filme é definitivamente a forma preferida pelas pessoas pra observar a entretenimento e notícias. Como Olhar A Séries E Novelas Offline No Globoplay Pelo Smartphone não ou seja que a televisão vai ficar obsoleta, no entanto a maneira como consumimos vídeo está mudando.

  • Seja inteligente (todavia não muito)
  • Xiaomi MI6
  • MINIX NEO U9 Mais Recente Tv BOX de 64 Bits Android Ultra HD HD Streaming Media Player
  • Se estiver conectado no Wi-Fi, aguarde o código de confirmação

Haverá uma coexistência. Xtrasize Dá certo Mesmo haja um meio que chegue a todo mundo, como a televisão aberta. Indústria Fonográfica Registra Maior Desenvolvimento Em vinte Anos está decaindo, e o que está ascendendo é o vídeo na web de banda larga. É simplesmente melhor: mais barato para o freguês e pro produtor, é interativo, você tem mais informação… São muitas as vantagens.

Advertisement

A conexão pela web, diversas vezes falha, não é um dificuldade?  A tecnologia da televisão a cabo é, realmente, fantástica. Você liga a Tv e tudo dá certo. A banda larga ainda é emergente; há casas que têm e outras que não têm. Ainda temos um estímulo tecnológico já que o streaming ao vivo nem sempre tem êxito perfeitamente.

Mas certamente somos o futuro. A entrada de Netflix, Amazon e outros gigantes globais tende a terminar com os canais locais? A Tv exige muito investimento em infraestrutura, cabos, satélites… Na web é menos difícil, as pessoas imediatamente têm conexão em moradia, desta forma a tendência é que empresas globais entrem com cada vez mais força no Brasil e em outros países.

Share This Story

Get our newsletter